quarta-feira, 13 de março de 2013

MAÇÃS DUQUESA

MAÇÃS DUQUESA
Um bolo, tipo tarte, com a consistência parecida com uma queijada, quase um pudim! Confuso? Mas muito bom!


"A macieira é uma árvore da família das rosáceas cujo fruto é a maça. A macieira é a árvore de fruto que há mais tempo é cultivada pelo Homem, tendo sido desde tempos imemoriais uma fonte alimentícia em todos os países com temperaturas baixas.

Presentemente, a maça é o fruto mais consumido em inúmeros países, com especial relevância para a França, os EUA, o Reino Unido e a Alemanha.

Originalmente, provinda da região do Cáucaso, o consumo da maçã vem já desde o Neolítico. Na Antiguidade, o povo grego descrevia algumas variedades deste fruto e, os romanos, segundo é sabido, já conheciam cerca de trinta.

No século em que vivemos, são conhecidas centenas de variedades de maçãs. As maçãs, a par dos citrinos, podem ser conservadas durante bastante tempo, sem perder o seu valor nutritivo. 

Ao contrário de alguns frutos, a maçã pode ser consumida durante todo o ano e há mais de 7.500 espécies de variedades de maçãs, presentemente.

As diferentes variedades encontram-se em climas temperados e subtropicais, já que as macieiras não florescem em climas tropicais, dado que precisam de uma certa exposição ao frio, dependendo de cada variedade, naturalmente.

Cada maça, contém os seguintes compostos:
Possui, ainda, substâncias fitoquímicas como o ácido elágico que pode ajudar a prevenir alguns tipos de cancro e, ainda o octacosanol, que ajuda a prevenir a doença de Parkinson.

Para um sono tranquilo, aconselha-se tomar um chá de casca de maça.

Se a maça for consumida, ao natural, é aconselhado comer a sua casca, pois assim está a aproveitar ainda mais as suas vitaminas e os seus minerais." In Fonseca Pinto

Ingredientes

4 maçãs grandes (uso reineta)
1 chávena almoçadeira de farinha com fermento, para bolos
1 chávena almoçadeira de açúcar
4 ovos 
0,5 L de leite
2 colheres de sopa de margarina ou manteiga
2 colheres de chá de fermento em pó
margarina para untar tabuleiro
açúcar para polvilhar nas maçãs (usei açúcar amarelo)
canela q.b. (opcional)

Modo de preparação

Unte um tabuleiro com manteiga. Usei um pirex de 28x20 centímetros.

Lave bem as maçãs, descasque-as e retire-lhes os caroços. Corte-as em rodelas ou meias luas finas e vá colocando no tabuleiro, em camadas, salpicando cada camada com um pouco de açúcar.

Ligue o forno a 200º.

À parte, numa tigela, misture primeiro a farinha com o açúcar e o fermento. Em seguida junte o leite aos poucos e vá mexendo. Bata os ovos à parte e adicione à mistura anterior. Mexa tudo muito bem.

Espalhe este creme sobre as maçãs no tabuleiro e por cima de tudo espalhe a margarina aos pedaços pequenos.

Leve a cozer durante cerca de 30 minutos. Convém verificar se as maçãs estão a ficar lourinhas por cima e se necessário deixar estar mais um pouco no forno. Retire e deixe arrefecer. Eu salpiquei com um pouco de canela moída por cima logo que retirei do forno.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Este espaço é destinado a comentários, sugestões e dúvidas. Responderei, com a maior brevidade possível, a todas as questões que me forem colocadas!

Obrigada pelo seu comentário!
Espero que volte a visitar o meu blog brevemente!

Beijinhos :)